DATA DE PUBLICAÇÃO
26 de janeiro de 2021

COMPARTILHE:

[Fique por dentro] Quais as diferenças entre o português de Portugal e do Brasil?

Que o nosso país foi colonizado por Portugal, você já deve estar cansado de saber. Entretanto, apesar de adotar o mesmo idioma, quais seriam as diferenças entre o português de Portugal e do Brasil? Vem saber!

Tão parecidos, mas tão diferentes… Acontece que mesmo que a gente compartilhe a língua com os lusitanos e que seja o mesmo idioma, há algumas claras diferenças entre o português de Portugal e do Brasil e que poderiam facilmente ser resumidas em vocabulário, fonética e sintaxe.

Então, se você está de viagem marcada para Portugal é bom saber que existe uma série de mudanças linguísticas entre os países, ou seja, a língua portuguesa falada no Brasil apresenta algumas diferenças em relação à língua falada em Portugal. Dessa forma você não será surpreendido quando desembarcar.

Alguns dados curiosos sobre o português

* Os índios tupiniquins, como eram conhecidos, passaram por um período de catequização com os jesuítas no qual aprenderam a língua.

* Em 1757, o tupi passou a ser uma língua proibida pela monarquia portuguesa, enquanto em 1759 o português foi estabelecido como a língua oficial do Brasil.

* De acordo com estudiosos, o português do Brasil é muito mais semelhante ao da época da colonização do que o falado pelos próprios portugueses que, por sua vez, sofreu influências francesas.

* O português também conhecido como língua românica ou língua neolatina.

* Ele é o idioma nativo de, mais ou menos, 250 milhões de pessoas.

* É o 5º idioma mais falado no planeta.

* É a língua oficial de nove países (4 continentes): Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Diferenças entre o português de Portugal e do Brasil

Mas o que de fato muda? Quais são as diferenças entre o português de Portugal e do Brasil? Confere abaixo!

* Vocabulário

Apesar dos dois países falarem o mesmo idioma, muitas palavras são diferentes. Exemplo disso são as palavras abaixo:

Celular/ Telemóvel
Faixa de pedestre / Passadeira
Ônibus / Autocarro
Gajo / Menino
Entrar / Asceder
Fiambre / Presunto
Chávena / Xícara
Agrafador / Grampeador
Bairros de lata / Comunidades – favelas
Autoclismo / Descarga
Suco / Sumo
Trem / Comboio
Ponto de ônibus / Paragem
Professor particular / Explicador
Sanduíche / Sandes



* Fonética

Essa é uma das diferenças entre o português de Portugal e do Brasil que mais podemos notar. Ou vai dizer que você não reconhece um estrangeiro só pelo jeitinho como ele pronuncia as palavras?

Poderíamos dizer que no Brasil pronunciamos as palavras de forma mais lenta e com a boca mais aberta.

Enquanto isso, em Portugal, eles falam muito mais rápido, mas com a boca mais fechada. Além disso, é quase como se eles deixassem de pronunciar as vogais átonas.

– Forma de pronunciar as vogais e as consoantes:

No Brasil, costumamos trocar o som do “I” por “u”.
Por exemplo: “papel” / “papeu”.
Já em Portugal a letra “l” ganharia ênfase.
Por exemplo: “papeL”.

Outro exemplo, a palavra chocolate:
Portugal: cholat
Brasil: chocolatchi

Letra “o” no final das palavras.
No Brasil, em algumas regiões, também substituímos a vogal “o” pela vogal “u”
martelo / martelu
afeto / afetu
acordo / acordu

 

* Sintaxe

Para nós, há construções sintáticas que aprendemos logo cedo nas aulas de português. Entretanto, em Portugal, elas não são tão usuais.

– Colocação do pronome oblíquo em início de frase. Por aqui usamos sempre o pronome antes do verbo:

No Brasil “Me empresta um dinheiro?”
Em Portugal “Empresta-me um dinheiro?”

– Emprego da preposição em, ao invés de a:

 O brasileiro fala “vou na feira”, enquanto o português fala “vou à feira”.

– Uso frequente de gerúndio, ao invés de infinitivo precedido de preposição:

 No Brasil “Estou comendo”
Em Portugal “Estou a comer”

– O uso do pronome você não é comum:

Em Portugal eles usam o tu ou então há a conjugação sem o pronome: “Tu és brasileiro?” ou então “é brasileiro?”

– Acentuação

Acontece que em Portugal eles não utilizam o acento circunflexo. No lugar dele há a utilização do acento agudo.
Exemplo: ténis, académico e bónus.

Agora que você já conhece as principais diferenças entre o português de Portugal e do Brasil é só marcar a viagem para colocar em prática tudo o que aprendeu.

Com informações de: estrangeira.com.br; youtube.com; soportugues.com.br; estudopratico.com.br; nacionalidadeportuguesa.com.br

LEIA TAMBÉM