DATA DE PUBLICAÇÃO
22 de maio de 2020

COMPARTILHE:

Quanto custa estudar na Itália: universidades públicas x privadas

Pesquisando universidades em um novo país? Pois saiba que estudar na Itália pode ser uma das suas melhores opções. Vem saber tudo sobre os sistemas público e privado!

Tem o sonho de realizar um intercâmbio? Então, com certeza, estudar na Itália é para você! Nós fazemos essa afirmação, pois o país faz parte de diversos rankings globais e mundiais como o Times Higher Education e Quacquarelli Symonds (QS) entre as melhores instituições do mundo.

Além de serem famosas por terem matriculado grandes nomes da história que desejavam estudar na Itália, as universidades do país são algumas das melhores por levar em contas os seguintes fatores:
– Proporcionar vagas de trabalho;
– Diversidade de estudantes;
– Bons contatos após o curso;
– Conquistas acadêmicas;
– Acessibilidade financeira.

estudar na italia universidades
Universidade de Bolonha

E como funciona o sistema de ensino na universidade?

Primeiramente, saiba que há uma lei que garante que todos possuam o direito a educação, sem distinção e, por esse motivo, há uma série de facilidades para quem deseja estudar. E, se você for cidadão europeu, possui o direito de frequentar uma universidade em qualquer país, desde que ela esteja nas mesmas condições que a do país de nacionalidade. Outra curiosidade é que, quando chegam na idade universitária, os alunos, geralmente, optam por continuar na cidade natal.

Vale lembrar que as universidades possuem tanto autonomia financeira como didática e oferecem diferentes cursos de graduação e de pós-graduação (mestrado, especialização e doutorado). O país tem tradição em cursos das áreas de moda, arquitetura, design e artes.

estudar na italia alunos

Há pouco tempo, as universidades italianas foram uniformizadas de acordo com os padrões da União Europeia, sendo divididas da seguinte forma:
– Primeiro Ciclo – Laurea Triennale ou Laurea Magistrale a Ciclo Unico, que é realizada diretamente em 5 anos (ou 6 anos no caso do curso de medicina).
– Segundo Ciclo – Laurea Magistrale;
– Terceiro Ciclo – Dottorato di Ricerca.

No primeiro, o estudante pode fazer um curso de graduação com duração de três anos, como uma formação básica, ou submeter-se a um ciclo único para cursos que exigem preparo mais específico, como medicina, veterinária e arquitetura, com duração de cinco ou seis anos. Os segundos e terceiros ciclos correspondem ao mestrado e doutorado, respectivamente, e sua duração é de 2 anos a 3 anos e vai depender da área escolhida.

estudar na italia info

Se você pretende estudar na Itália saiba que as aulas começam no mês de novembro, mas você já pode fazer a sua inscrição desde junho. Se você já estiver cursado algum ano em uma universidade do Brasil, por exemplo, será necessário entrar em contato com a secretaria do seu curso para pedir equivalência das disciplinas.

Leia também: 
TOP 5: confira as melhores universidades da Itália

Estudar na Itália – Universidade pública

Lá, grande parte do ensino é público, são mais de cem universidades que possuem boa qualidade.

As universidades, mesmo as públicas, não são 100% gratuitas, porém o valor das anuidades muitas vezes é inferior ao das privadas e podem ser fixadas seguindo critérios de equidade e solidariedade definidos em nível nacional, variando de acordo com diversos fatores, como o desempenho do aluno e da renda familiar. Há alguns casos em o estudante pode ser isento de qualquer cobrança. Para os estrangeiros, a taxa anual fixa costuma ser em torno de 500 euros.

A anuidade média paga pelos estudantes na Itália é de cerca de 1000 a 1500 euros tanto no bacharelado quanto no mestrado. A taxa mais alta, assim como no Brasil, é destinada aos cursos de medicina e podem chegar a custar 2.000 euros.

publica
Universidade de Turim, pública e uma das mais antigas universidades italianas

Estudar na Itália – Universidade particular

Apenas uma minoria é formada por instituições particulares na Itália. A maioria dessas universidades cobra taxas de matrícula semelhantes para estudantes da União Europeia e de países terceiros.

Nas universidades privadas, a anuidade aumenta consideravelmente, as mais baixas possuem custos por volta de 6 mil euros, podendo chegar a 20 mil euros por ano.

universidade
Universidade Luigi Bocconi, em Milão

Como são as bolsas de estudos?

Há ainda a possibilidade de conseguir bolsas de estudos por meio de programas específicos do governo italiano ou então diretamente nas universidades para os estrangeiros.

Conseguiu entender todos os processos para estudar na Itália? Já optou por alguma instituição? Conta aqui para a gente nos comentários!

Com informações de: educations.com/study-guides; epocanegocios.globo.com

LEIA TAMBÉM