DATA DE PUBLICAÇÃO
27/03/2020

COMPARTILHE:

Quais são as 14 cidades mais baratas da Itália para morar?

Como bons descendentes de italianos que somos, volte e meia bate aquela vontade de viver no país de nossos antepassados. Mas, quais são as cidades mais baratas da Itália para morar? Venha ver a listinha que preparamos especialmente para você!      

Um dos países mais visitados da Europa e do mundo é também cenário de mudanças bruscas nas paisagens devido ao seu tamanho e às diferenças de regiões.

Os locais são ainda totalmente diferentes um dos outros, seja pelo modo de viver, cultura, história, arte, pontos turísticos ou culinária, fazendo com a que a Itália seja, não só um dos destinos mais incríveis para conhecer, como para fixar residência.

Como mencionamos anteriormente, quando falamos na Itália uma coisa é certa: a grande diversidade das cidades para morar e, de fato, todas são ótimas.

Mas acredite, morar nesse país é muito diferente de “turistar”. Por esse motivo, antes de fazer a mudança é preciso planejamento, uma vez que há dificuldades em qualquer lugar. Mas, como escolher uma região para morar?

cidades mais baratas da Itália


Cidades mais baratas da Itália para viver

Primeiro pense em qual o seu principal objetivo com essa mudança definitiva: trabalho, estudos, um novo estilo de vida ou criar a família em um local mais seguro? Qual o seu estilo de vida, campo, praia ou cidade grande? Agito ou tranquilidade? A seguir, e não menos importante, é preciso ter em mente que, assim como na sua terra natal, os custos irão variar de lugar a lugar.

É por isso que acreditamos que você deve focar em cidades com boa qualidade de vida, bonitas (o que não é difícil na Itália) e, obviamente, mais baratas para morar.

Por tratar-se de uma escolha muito pessoal, abaixo nós preparamos uma listinha com as 14 cidades mais baratas da Itália para morar. Assim você poderá analisar diversas opções. Pronto para começar uma vida nova? Vem ver!

14 cidades com custo de vida mais baixo

  • Alessandria

Norte do País, localizada na região do Piemonte. Lá o clima é quase sempre chuvoso e conta com temperatura média de 12°C.

Com 80.000 habitantes é possível fazer os passeios a pé. Que tal conhecer a Cittadella, o Palatium Vetus, o Santuario della Beata Vergine della Creta, a Catedral de Alessandria ou um de seus museus?

A cidade é um importante centro rodoviário e ferroviário, além de centro comercial e industrial. O comércio de produtos agrícolas, especialmente vinhos, é também muito ativo. Lá o preço médio do aluguel é 350 euros.

cidades mais baratas da Itália Alessandria


  • Áquila

Localizada na região de Abruzzo, possui aproximadamente 73.000 habitantes. A cidade de está assentada em uma das áreas de maior sismicidade da península Itálica. Lá o preço médio do aluguel é 200 euros.

Por tratar-se de uma região montanhosa, a província é famosa por seus parques, montanhas e lagos como a Riserva Naturale Guidata, Gole del Sagittario e o Monte Sirente. A temperatura média é 15°C, já no inverno é supercomum nevar, chegando a 3°C.

  • Arezzo

Localizada na região de Toscana, é muito bonita e aconchegante. Uma das principais vantagens em morar lá é a facilidade de visitar várias cidades da Região pelo fato de serem perto uma das outras. A maioria das vagas de emprego são encontradas na área de turismo, marketing e administração e o preço médio do aluguel varia de 400 a 3.500 euros.

Entre os locais mais legais para conhecer estão a Piazza Grande – onde acontecem duelos medievais cenográficos e a Fiera Antiquaria di Arezzo, a maior, melhor e mais famosa feira de antiguidades da Toscana – e claro há diversos palácios, igrejas e museus.

  • Bari

Ao Sul, bem do lado direito da bota está localizada a capital da região da Apúlia. Banhada pelo Mar Adriático, a cidade foi totalmente revitalizada e possui forte influência grega e árabes.

Por não ser um forte destino turístico o custo de vida é baixo. O preço médio do aluguel é 400 euros.

cidades mais baratas da Itália Bari

Leia também:
Quais são as cidades mais caras da Itália para morar?

  • Belluno

Ao Norte da Itália está a cidade localizada na região do Vêneto, possuindo o clima mais frio de toda a Itália.

Ela foi eleita a capital com melhor qualidade de vida, além de estar entre as cidades com a menor taxa de criminalidade (roubo, furto, homicídio e outros).

  • Catanzaro

Lá no Sul, na pontinha da bota, mais especificamente na região da Calábria, está a chamada Cidade das Três Colinas.  

A cidade com clima quente e temperado, possui temperaturas médias 16°C. Já seus aluguéis estão na média de 350 euros.

  • Chieti

Também chamada de Teatina essa província está localizada na região de Abruzzo e possui cerca de 56.000 habitantes.

Fundada sobre uma colina, é uma das cidades da Itália onde há mais vento e uma das mais antigas do país, sendo cheia de história, cultura e arte. Essa cidade festiva tem como preço médio do aluguel 250 euros.

  • Enna

Localizada a 1.000 metros de altitude, no extremo sul do país, está a cidade que representa o coração da Sicília. Nesta ilha, o clima é mais quente com temperatura média 13°C, sendo uma região perfeita para quem gosta de natureza, pois conta com cavernas e praias.

Com menos de 30.000 habitantes, Enna já foi um importante centro estratégico durante a Idade Média e atualmente possui aluguéis na média de 350 euros.

cidades mais baratas da Itália Enna


  • Isernia

A província na região de Molise conta com pouco mais de 20.884 habitantes e já foi considerada a primeira capital da Itália. Aqui o preço médio do aluguel é 350 euros.

Uma das tradições de Isernia é a produção de elegantes rendas feitas sobre o tombolo, famosas por seu fino acabamento.

  • Matera

Com clima temperado, a cidade está localizada na região da Basilicata, bem no sul do país, entre a ponta do pé e o salto da bota.

Declarada Patrimônio da Humanidade em 1993, a cidade é um dos símbolos da Itália mais sugestivos e conhecidos no mundo por ter sido escavada na pedra e habitada desde a pré-história.

Conhecida como Capital da Cultura Europeia, seu aluguel médio é de 350 euros.

matera


  • Pescara

Com cerca de 115.197 habitantes, na região de Abruzzo, está Pescara. O local, que parece uma cidade grande, mas possui estilo de cidade pequena, tem parques, praias longas e muitas bicicletas.

A cidade universitária tem ótima culinária, e um custo de vida muito baixo. O valor médio do aluguel vai de 200 a 250 euros.

  • Ragusa

A região de praias paradisíacas está localizada no extremo sul. Esta preciosidade é o berço da arquitetura barroca na Sicília. Para visitar as igrejas, jardins, museus e degustar seus queijos é preciso muita disposição para subir e descer escadas.

Os aluguéis na região giram em torno de 300 euros.

Ragusa

  • Teramo

A comuna italiana da região dos Abruzos tem um clima chuvoso que faz com que a cidade seja ideal para o cultivo de uvas e ofereça diversos tours sobre vinhos. Fundada na época pré-romana, ela era conhecida como Interamnia que significa “entre rios”, no caso o Vezzole e o Tordino

A área montanhosa possui diversos pontos turísticos relacionados à natureza e faz com que você possa admirar picos nevados e praias ensolaradas em apenas meia hora do centro da cidade. Já o valor médio de aluguel fica em torno dos 300 euros.

  • Trapani

Na região da Sicília, a cidade em forma de meia lua tem praias cinematográficas de coloração azul esverdeada, pois faz divisa com o Mar Tirreno. Suas ruas estreitas são cheias de histórias e os aluguéis dos imóveis ficam em torno de 350 euros.

A cidade é também conhecida por ser rota de cruzeiros e fazer parte das Rotas Do Vinho de Erice. Hoje, a economia gira em torno da extração e comércio de sal (que aliás ficam dentro de uma reserva natural), mármore e agricultura.

trapani

Dicas bônus:
– Lembre-se: a Itália não possui salário-mínimo definido para todo o país.
– Fuja de cidades turísticas. Uma alternativa são as cidades vizinhas, próximas e bem mais em conta devido ao custo de vida menor.
– Uma coisa já podemos te adiantar, no Norte você encontrará paisagens mais gélidas e mais empregos, porém, por lá a alimentação é mais cara.
– Muitas das cidades mais baratas da Itália para morar, quando consideramos apenas os preços, estão no Sul.

Nossa, são muitas opções, não é mesmo? E você, já se decidiu entre as cidades mais baratas da Itália para morar? Não esquece de contar pra gente, aqui nos comentários, qual foi a sua escolhida. 


Com imagens e informações: Pinterest; Gettyimages; corriere.it; terra.com.br; noticias.uol.com.br.

LEIA TAMBÉM