DATA DE PUBLICAÇÃO
21/02/2020

COMPARTILHE:

Quais são as cidades mais caras da Itália para morar?

Pretende morar na Itália? Então esse post é para você! Conheça o custo de vida do país e saiba mais sobre as cidades mais caras da Itália!

Nós sabemos que diversos podem ser os motivos para você querer morar em um dos países europeus mais encantadores. Alguns deles? Que tal o fato de estar entre os dez países com maior qualidade de vida do mundo, ou de estar pronto para a população idosa, a expectativa de vida, as boas comidas e bebidas, a arte, a arquitetura? Mas já se perguntou quais seriam as cidades mais caras da Itália para morar caso realmente decida se mudar?

Justamente por ser um país de muitas opções, um dos pontos que você deve considerar antes de se mudar é escolher o estilo de cidade onde deseja criar um lar: litorânea, universitária, grande ou pequena, com agito ou sossego?

 Por isso, antes de mudar-se é importante calcular o custo de vida do lugar. De modo geral, a Itália possui custo de vida médio e suas cidades possuem preços variados.

De forma geral, os donos de imóveis na Itália não exigem fiadores ou caução e quase sempre aceitam negociações quanto ao valor do aluguel. Outro diferencial é o fato do aluguel ser cobrado a cada dois meses. Ah e lembre-se, caso opte por locar por meio de uma imobiliária será necessário pagar o equivalente a dois ou três meses de adiantamento e haverá despesas destinadas exclusivamente a locadora equivalente a 10% do aluguel anual.

Por todos esses motivos pesquisar muito antes de fixar residência é importantíssimo, mas não se preocupe! Se você ainda está com dúvidas, abaixo nós contamos para você quais são as cidades mais caras da Itália. Já está curioso? Vem ler!

6 cidades mais caras da Itália para se viver

Abaixo, você confere quais as cidades mais caras da Itália quando o assunto é custo de vida. Espia só!

Milão

A capital da Lombardia tem a segunda maior e mais populosa região metropolitana do país. Só para você ter uma ideia, essa é uma das cidades mais famosas da Itália, sendo o coração financeiro do país e a capital mundial da moda.

Considerada uma das cidades mais ricas da União Europeia, nesse destino cosmopolita há uma grande qualidade de vida, oportunidades de emprego e serviços públicos excelentes.

Por lá, um quarto em casa compartilhada com outras pessoas, custa, em média, 700 € ao mês. Já um apartamento de um quarto chega a 700 €, porém se o mesmo imóvel estiver na região central poderá chegar a 2 mil €.

Há inclusive um estudo do Deutsche Bank que analisou a renda disponível dos moradores das cidades depois do pagamento do aluguel e Milão está na 30ª posição do ranking com 1023 dólares após o pagamento.

cidades mais caras daa Itália Milão


Veneza

A cidade mais romântica do mundo é considerada Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Seu legado histórico, artístico e arquitetônico como os canais, gôndolas e monumentos atraem diversos turistas elevando seu custo locatício e tornando-a uma das cidades mais caras da Itália. No centro da cidade, o valor do aluguel pode chegar a 1820 €.

cidades mais caras daa Itália Veneza


Leia também:
Mas, afinal, como funciona o transporte público na Itália?
TOP 5: confira as melhores universidades da Itália

Roma

A capital italiana, localizada no centro do país, é também sua maior cidade e um dos locais que mais recebe turistas no planeta. O local que antes era considerado o centro político e religioso do ocidente, hoje conta com muitas empresas, uma grande qualidade de vida, ótimos serviços públicos, além de uma história grandiosa e muito lazer e cultura.

Essa grande metrópole possui moradias com aluguel variado que dependerão do local e tamanho. Uma quitinete tem seu valor em torno de 500€ por mês. Porém, os imóveis de um ou dois quartos podem custar 800€ por mês. Já os aluguéis no centro da cidade chegam a 1800 € por mês.

A cidade ocupa o 32º lugar com 947 dólares após o aluguel, de acordo com o estudo da Deutsche Bank, garantindo que Roma é sim uma das cidades mais caras da Itália.

cidades mais caras daa Itália Roma


Trento

A cidade que vive da indústria e da agricultura já esteve no topo da lista das melhores da Itália para se morar devido a sua educação, saúde e transporte.

Porém toda essa comodidade tem um preço: o aluguel de apartamentos de apenas um quarto costuma chegar a 600 €.

Trento

Florença

O berço do renascimento respira arte e, por esse motivo, é altamente procurada pelos turistas. Além disso, a cidade é famosa por ser a terra natal de Dante Alighieri, o autor de Divina Comédia.

Por ser a maior cidade da região da Toscana, ela abriga cerca de 1 milhão de pessoas. Com uma economia forte, o custo de vida elevado pode ser visto no mercado imobiliário que tem o valor dos aluguéis dos apartamentos de um quarto a partir de 600€. Já no centro, o valor vai para 1400 €.

Florenca

Bolzano

Quase na fronteira da Suíça e da Áustria / Alemanha está a região do Trentino-Alto Ádige no meio das Montanhas Dolomitas, nos Alpes. Para que você possa ter uma ideia, metade da (pouca) população fala, além do Italiano, o idioma alemão.

Lá, a expectativa de vida é alta, assim como a qualidade de vida. Os serviços públicos por sua vez são excelentes.

A pequena província é rica, sendo uma das cidades mais desenvolvidas do país com uma economia baseada no comércio e na indústria. Porém, o custo de vida é alto. O mesmo apartamento de um quarto, que já falamos anteriormente, no centro da cidade custa entre 700 e 900 €.

Bolzano

Bem, agora que você sabe um pouco mais sobre as cidades mais caras da Itália, já está preparado para mudar de país? Já sabe qual cidade escolher? Conte para gente nos comentários!

Com imagens: Pinterest; corriere.it; terra.com.br; noticias.uol.com.br.

LEIA TAMBÉM